terça-feira, 27 de agosto de 2013

"O Caderno"


Foi você que foi meu amigo
que me deu abrigo,cobertura,
guardou aquele amor antigo
como se fosse seu.
Me incentivou a escrever
quando ninguém me leu...
Sorriu com meu sorriso
e me perdoou quando nem eu mesma o fiz.
Acompanhou meus medos,
não contou meus segredos,
me ajudou, me ensinou e me guiou.
Estudou comigo como ninguém
viu minhas notas altas,
e as baixas também.
Era você que sabia
do medo que eu tinha
de ter que crescer,
e que dizia: "você vai gostar, você vai ver!"
Quando a vida se abria
naquele "feroz carrocel"
era você que acalmava o escarcéu
e não se importava em nada
se minhas lágrimas molhassem seu papel.
Você me mostrou assim
a importância que a escrita teria pra mim,
criou viveu e vive no meu mundo particular,
e ainda conseguiu gostar.
"Eu só peço a você um favor, se puder:
não me esqueça num canto qualquer."
Vivian Pinto

Quando eu era criança, morria de medo de ter que crescer, e sempre chorava ouvindo essa música UAHSUASHUAH mas eu gosto muito dela, e gostaria que vocês ouvissem enquanto leem essa poesia (: A música se chama O Caderno, e eu peço licença poética pra esse texto em especial ^^ espero que gostem!
Ah sim, a fonte da imagem, dessa vez eu achei
Beijos rimados pra vocês

2 comentários:

Carolina* disse...

Eu sempre gostei muito dessa música, talvez por gostar tanto de escrever desde pequena. Me emocionava. Parabéns pelo blog! Está lindo!

Beth disse...

Parabéns! Vc vai longe, menina! O Caderno me emocionou. Fez eu voltar ao passado, na minha passagem menina-moça, onde o caderno era o meu amigo. Escondia a mulher que eu estava me transformando... depois, o caderno foi um meio de saber o que os meus amigos sentiam, de quem os rapazes gostavam rs, esse era um dos objetivos importantes. Depois, o caderno se transformou como meio de catarse, onde coloco todos os meus sentimentos e acontecimentos. Além de como professora, fazer parte da minha vida.