terça-feira, 16 de setembro de 2014

Monólogo à dois

Oi, dona Poesia.
Eu sei que você está sempre presente, que está sempre aqui comigo. Eu sinto você aqui. Sabe naqueles momentos em que uma coisa boba me fez sorrir? Então, eu sei que quem me fez sorrir foi você.
O problema, querida amiga, é que o dia tem sido meio ruim, meio obscuro pra mim. Não só hoje. Tenho tido meus momentos ruins. Tem sido complicado. Tudo passa, eu sei, mas nesses momentos eu me sinto tão sozinha, nem sei que pontuação botar aqui. Já reescrevi algumas vezes.
Tanta gente do meu lado e eu querendo uma só...Seria essa especificidade que me faz mal, Dra Poesia?
É. Não sei como me explicar, sei que quero colo. Quero companhia.
Será que você não quer se materializar aqui do meu ladinho não?

Um comentário:

Gugu Keller disse...

A poesia é o em versos regresso da paz que se ia.
GK