Amor


Haverá fome.
Haverá guerra, haverá dor.
E enquanto houver vida, haverá morte.
Haverá destino.
 Será sorte?
Para cada infortúnio, que haja um caminho
para cada momento de escuridão,
que haja luz.
Para os que se perdem, que haja carinho
já que a vida nem sempre é cruel.
Que existam muitas estrelas no céu
e que elas guiem seus passos
Que haja espaço
para sonhos, sorrisos e esperança.
Que haja salvação,
que seja pela paixão.
Haverá desventuras sim,
mas haverá também felicidade
haverá compaixão, haverá humanidade.
E que o combustível seja amor,
que haja o que cura,
que você seja ternura
e que a vida seja ternura de volta.
Que haja a vida!
Haverá amor,
que seja amor.

E será

Comentários

Gugu Keller disse…
Amemo-nos ao menos. Amém.
GK
Bípede Implume disse…
Olá Vivian

Este poema foi direitinho ao meu coração.
Que assim seja!
Tem, aqui na Ericeira, uma loja que vende moda feminina e se chama "Little Wings". Achei tanta graça que tirei uma foto.
Boa Páscoa.
Beijinhos.

Postagens mais visitadas